DESIGN DE MODA E ARQUITETURA: PROCESSOS INTERSEMIÓTICOS E DE HIBRIDIZAÇÃO

  • Jade Uchoas Barbosa Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Luiz André Gonzaga Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Antonio Colchete Filho Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Frederico Braida Universidade Federal de Juiz de Fora

Resumo

Este artigo aborda as inter-relações entre os universos da arquitetura e do design de moda. Ele é fruto de uma pesquisa que adotou como premissa que, na contemporaneidade, partes do universo da arquitetura, do urbanismo e design de moda encontram-se hibridizadas. Portanto, este artigo tem por objetivo apresentar a lógica subjacente ao processo de hibridização entre esses dois universos projetuais. Metodologicamente, adotou-se uma análise das possíveis relações estabelecidas entre esses campos, tanto sob uma perspectiva histórica, quanto a partir de dois casos emblemáticos, sendo um internacional e outro nacional: as produções de Zaha Hadid e dos irmãos Campana para a marca de Sandálias Melissa. Ao final, espera contribuir com uma discussão que está amplamente deflagrada neste novo milênio: a intersemiose entre os campos da produção criativa humana, aos quais pertencem a arquitetura e o design de moda.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
11-10-2018
Como Citar
Barbosa, J. U., Gonzaga, L. A., Filho, A. C., & Braida, F. (2018). DESIGN DE MODA E ARQUITETURA: PROCESSOS INTERSEMIÓTICOS E DE HIBRIDIZAÇÃO. Revista Triades, 7(2). Recuperado de https://triades.emnuvens.com.br/triades/article/view/147
Seção
Artigos