APLICAÇÃO SEMIÓTICA A PROJETOS DE PRODUTO: ESTUDO DE CASO DO POLO MOVELEIRO UBAENSE

  • Anna Clara Araújo Nascimento Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)
  • Taís Alves Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)

Resumo

O artigo propõe um estudo sobre a relação entre a teoria semiótica e sua aplicação no processo de criação de projetos de produtos, desde o conceito até a sua divulgação pelas empresas do município de Ubá, Zona da Mata mineira. Foram realizadas pesquisas de campo, entrevistas com designers e análises de materiais de divulgação. A ideia foi também propor aspectos teóricos da semiótica aplicada ao design que possam fundamentar a elaboração dos projetos concernentes à produção moveleira de Ubá, sempre confrontando a teoria com o que acontece na prática, a fim de estimular discussões acerca dos possíveis benefícios de sua aplicação, seja por questões simbólicas ou pelo valor que é agregado. Portanto, deseja-se ressaltar a importância do estudo da semiótica para o design, que, segundo os dados obtidos na pesquisa, apesar de existirem alguns incentivos para a busca da diferenciação semântica dos produtos da região, há a falta de interesse em investimentos voltados à utilização do design como um diferencial competitivo, pois o polo ainda não reconhece todo o seu potencial estratégico.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
11-07-2019